flags

O GEM da Corrente de Benguela

O GEM da Corrente de Benguela é um dos mais produtivos ecossistemas marinhos na face da terra, servindo como bem valioso de importância mundial. Estende-se desde Port Elizabeth na África do sul até a província de Cabinda no norte de Angola, englobando a dimensão total da Corrente fria de Benguela. O BCLME alberga pescas artesanais e comerciais importantes, bem como valiosas indústrias em offshore, inclusive a exploração diamantífera marinha e a exploração de petróleo e gás.

Angola, Namibia e África do Sul, são os países que fazem fronteira com o GEM da Corrente de Benguela.
O apoio político em prol da cooperação regional, respeitante à gestão dos recursos marinhos e costeiros, levou ao estabelecimento de uma Comissão da Corrente de Benguela por parte de Angola, Namíbia e África do Sul, uma organização multilateral que promove a utilização ideal e sustentável do BCLME.

A Comissão da Corrente de Benguela foi estabelecida em 2007, com um mandato de trabalhar rumo à restauração, manutenção e conservação da integridade biológica do BCLME. O seu foco reside na gestão dos recursos haliêuticos; partilhados; monitorização ambiental; saúde da biodiversidade e do ecossistema; atenuação da poluição e minimização dos impactos da exploração de diamantes e da extracção de petróleo e gás.